O dever do homem

Cena de Nostalgia (1983), de Tarkovski
Cena de Nostalgia (1983), de Tarkovski

“O sentido da arte é a oração. Sim, a arte é uma oração. É a minha oração. E se a minha própria oração é útil para alguém, então a minha arte é útil para os outros. É um dever. E o dever do homem é servir.”

Andrei Tarkovski, em depoimento para o documentário Poésie et vérité, de Edgardo Cozarinsky (1999).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s